Banner Site31032

SECRETARIA DE SAÚDE DE NOVA PORTEIRINHA COMEÇOU A VACINAR, NESTA QUARTA-FEIRA, 19 DE JANEIRO, CRIANÇAS DE 5 A 11 ANOS COM COMORBIDADES E DEFICIÊNCIA PERMANENTE CONTRA A COVID-19
PREFEITURA, DEFESA CIVIL, CORPO DE BOMBEIROS E POLÍCIA MILITAR RESGATAM FAMÍLIA ILHADA NA COLONIZAÇÃO PARAGUAÇU
PREFEITA REGINA, VICE RAUL E O DEPUTADO GIL PEREIRA OUVEM PRODUTORES RURAIS DA PARAGUAÇU SOBRE PERDAS EM SUAS ÁREAS DE PLANTIOS PROVOCADAS PELOS EFEITOS DAS CHUVAS
PREFEITA REGINA CRIA ‘FORÇA TAREFA’ PARA ATENDER À POPULAÇÃO, DIANTE DAS CHUVAS QUE OCORRERAM NO MUNICÍPIO
PREFEITA E DEFESA CIVIL DE NOVA PORTEIRINHA VISTORIAM ESTRADA E DIQUE, NA COLONIZAÇÃO PARAGUAÇU, AFETADOS PELAS CHUVAS
PALESTRAS DE ESPECIALISTAS MARCAM O ENCERRAMENTO DAS AÇÕES DA CAMPANHA OUTUBRO ROSA EM NOVA PORTEIRINHA

PREFEITA REGINA PARTICIPA DE REUNIÃO NO MINISTÉRIO DO TURISMO E SOLICITA RECURSOS PARA O MUNICÍPIO

Na oportunidade, a pauta em debate entre prefeitos e técnicos do ministério, foi a criação de um Mapa das Rotas Turísticas no Norte de Minas

prefeita Regina

Fotos: Luiz Cabrine / Ascom Prefeitura: Prefeita Regina (Nova Porteirinha).

Ir a Brasília ou a Belo Horizonte deve ser considerado uma estratégia importante e necessária para se criar relacionamento com autoridades federais e estaduais, o que possibilita a captação de recursos junto à União e, ao Estado, seja por meio de projetos apresentados diretamente aos Ministérios, Secretarias Estaduais ou ainda, via emenda parlamentar. Em qualquer das situações, as idas às capitais federal e estadual representam maiores chances de se conseguir recursos para atender a demandas da população.
Exemplo disso é a prefeita de Nova Porteirinha, Regina Antônia de Souza Freitas, que tem articulado juntamente com os deputados Gil Pereira, Estadual, e Delegado Marcelo Freitas Deputado Federal, parceiros da sua administração, na perspectiva de conseguir cada vez mais recursos para o município em diferentes áreas.

Agenda

Esta semana durante o cumprimento de mais uma agenda na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, Regina foi recebida no Ministério do Turismo, dia 23 de novembro, por José Roberto – Subsecretário de Planejamento, Orçamento e Administração – SPOA, João Vitor Loureiro Ribeiro – Coordenador de Assuntos Administrativos e Ricardo Caiado Alvarenga – Diretor/DIETU. Na oportunidade, os prefeitos de Catuti,Delermando do Nascimento França, Ivan Vieira de Pinho, Montezuma, e Paulo Dias Moreira, da cidade de Monte Azul, também foram recebidos no ministério e apresentaram suas demandas.

A pauta da reunião, provocada pela Agência de Desenvolvimento do Médio São Francisco (ADM), em parceria com o referido ministério, foi o debate sobre a possibilidade da criação do Mapa ‘Roteiros Turísticos Caminhos das Gerais’, na região.

De acordo com Carlos Eustáquio de Oliveira, Secretário da ADM, a proposta é estimular os municípios participantes da reunião entre outros a se organizarem de forma integrada, para venderem suas potencialidades com profissionalismo a turistas do estado e de outras regiões do Brasil. 

Mapa das rotas turísticas

autoridades

Jarbas Soares, Assessor da Presidência do Senado Federal, João Rafael Soares (Ministério do Turismo), prefeita Regina, prefeito Ivan (Montezuma), José Roberto (Subsecretário de Planejamento, Orçamento e Administração), do Ministério do Turismo, prefeito Paulo Dias (Monte Azul), prefeito Delermando (Catuti), Ricardo Caiado (Diretor do Ministério do Turismo).

 Ainda durante a reunião, o secretário Carlos fez uma exposição acerca do Turismo no Norte de Minas, ressaltando suas potencialidades e os desafios de cada município, em relação ao setor. Nesse contexto, ele cita a falta de mapeamento e catalogação das atrações turísticas, rede hoteleira para hospedagem, qualificação de profissionais para receber bem o turista, infraestrutura para melhorar os acessos aos pontos turísticos e criação de um mapa com as rotas turísticas contemplando toda a região. 

Comunicação e marketing

Outros pontos abordados no encontro foram a necessidade de criação de uma estratégia de comunicação e marketing para divulgação do turismo regional, tanto nos meios tradicionais, como digitais. Além disso, a reunião serviu para mostrar ao Ministério, prefeitos e assessores, que o turismo é um importante modelo de negócios com enormes oportunidades de mercado, pois representa a geração de emprego, renda e desenvolvimento econômico para a região. A reunião debateu ainda outros temas ligados ao setor.

Na reunião, após fazer uma contextualização sobre as potencialidades do município de Nova Porteirinha, em termos de turismo rural (negócios, fruticultura e ecológico), a prefeita Regina Antônia apresentou ofício ao Ministério, solicitando recursos para diferentes pleitos, com foco no fortalecimento de atividades turísticas já existentes e outras a serem implementadas no município. Como exemplo, estão a construção de pórtico na entrada da cidade, com alusão às atividades, festividades e à força do agronegócio do município, recursos para construção de uma trilha ecológica para apreciação da natureza (Turismo Ecológico), pista para prática de motocross com a possibilidade de sediar competições locais, regionais, estaduais e nacionais.

Carlos Eustáquio

Carlos Eustáquio, Secretário da Agência de Desenvolvimento do Médio São Francisco – ADM.

Ainda foram apresentados pela prefeita, pedidos de recursos objetivando impulsionar o turismo de negócios e a fruticultura no município. A proposta é criar um Centro de Comercialização e Degustação de Produtos do Agronegócio Familiar no Perímetro Irrigado Gorutuba, tornando o local um ponto turístico, que possa atrair investimentos, visitantes da região, do estado e de outras regiões do país, fomentando assim o turismo rural que está alta no Brasil.    

Outra demanda apresentada pela chefe do executivo de Nova Porteirinha diz respeita a construção de uma pista de ciclismo e caminhada, com destino ao Centro de Degustação de produtos do Agronegócio Familiar, proposto para o referido perímetro irrigado.

Os técnicos do Ministério do Turismo enalteceram a iniciativa da ADM e a necessidade de organização do turismo no Norte de Minas. Eles também apresentaram aos prefeitos, orientações técnicas, ou seja, os caminhos legais para acesso a recursos da pasta e execução de projetos.

Pin It

Imprimir