PREFEITURA PROPÕE A RECOMPOSIÇÃO SALARIAL DE 20% AOS PROFESSORES DE NOVA PORTEIRINHA

Foto Oliveira Júnior

Prefeito Juracy Fagundes anuncia aos professores a proposta de recomposição salarial.

NOVA PORTEIRINHA (por Oliveira Júnior) – A Prefeitura de Nova Porteirinha, através do prefeito Juracy Fagundes Jácome, propôs a recomposição salarial de 20,21% aos professores da rede municipal de ensino em reunião realizada na noite do dia 11 de abril, com os profissionais da Educação. A categoria aplaudiu a iniciativa e entendeu a situação crítica financeira pela qual o município enfrenta.

Foto Oliveira Júnior

Profissionais da Educação ouvem a proposta de melhoria em seus salários.

O prefeito disse que ao assumir o executivo municipal deparou com a defasagem salarial dos educadores e, desde então, tem se reunido com a secretária municipal de Educação, Ana Justina Santos Oliveira, e também com o setor contábil da prefeitura com o intuito de minimizar as perdas acumuladas nos últimos anos. No ano passado (2016), o piso salarial dos professores para 24 horas semanais teve perda de 11,68%, uma vez que não foi reajustado.

 

Foto Oliveira Júnior

Secretárias municipais Ana Justina Santos, de Educação, e Margarida Cavalcanti, prefeito Juracy Fagundes, vice-prefeito Edésio Vital e o vereador José Gonzaga, presidente da Câmara Municipal de Nova Porteirinha.

“Temos analisados o impacto financeiro e as disponibilidades constitucionais. Além disso, encontramos um grande disparate, o número de alunos reduziu para a metade e a quantidade de professores quase que triplicou, ressaltando que o repasse de recurso governamental é baseado no número de alunos matriculados”, explicou Juracy Fagundes que tem adotado postura diferente com relação ao pagamento do funcionalismo. Neste ano, os professores e demais servidores da Prefeitura de Nova Porteirinha têm recebido o pagamento até o 5º dia útil, bem diferente do que ocorria até então, geralmente depois do dia 12 do mês seguinte.

 

Foto Oliveira Júnior

Na reunião, o prefeito Juracy Fagundes falou da precariedade estrutural de algumas unidades educacionais e, diante disso, providenciou a reforma desses locais de ensino.

Em reunião com os profissionais da Educação e com a presença de seis dos nove vereadores, e ainda o vice-prefeito Edésio Vital Neto, o prefeito Juracy Fagundes anunciou a concessão de 20,21% de recomposição salarial em duas etapas, a primeira metade imediatamente sendo retroativo ao início deste ano, e a outra metade num prazo de seis meses, ainda neste ano.

 

Foto Oliveira Júnior

Vereadores e educadores prestigiaram a reunião na qual foi analisado o cenário da Educação no município e proposta a recomposição salarial dos professores.

Por exemplo, na atual administração, o piso salarial dos professores, jornada semanal de 24h, passa de R$ 1.147,35 para R$ 1.379,28, representando um ganho de R$ 231,93, ao passo que no ano passado (2016), esses servidores receberam R$ 134,03 a menos, todo mês. No ano passado, o piso deveria ter sido de R$ 1.281,38, mas foi pago R$ 1.47,35. Ou seja, o servidor teve prejuízo mensal de R$ 134,03.

 

Foto Oliveira Júnior

Sem reajuste salarial no ano passado, a classe de professores em Nova Porteirinha teve prejuízo mensal de R$ 134,03.

 

CODEMA, ONG E PREFEITURA DE NOVA PORTEIRINHA CONSEGUEM A PROTEÇÃO DE NASCENTE DO RIO GORUTUBA

NOVA PORTEIRINHA – Preocupado com a atual situação do rio Gorutuba, que vem sofrendo ano após ano com as intempéries climáticas ocasionadas pela escassez hídrica vivida na região, o Conselho Municipal de Meio Ambiente (Codema) de Nova Porteirinha determinou o cercamento de uma nascente desse rio como medida compensatória pelos impactos ambientais decorrentes da implantação de uma estação de rádio base de antenas de celulares no município de Nova Porteirinha.

Por determinação do Codema, a empresa Centenial Brasil Torres e Telecomunicações Ltda firmou um termo de compromisso com a Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de Nova Porteirinha se comprometendo a financiar a obra.

A nascente em questão fica localizada numa fazenda em lugar denominado de Gado Bravo, no município de Riacho dos Machados. A escolha da nascente e a execução da obra ficaram sob encargo da Associação de Amigos do Rio Gorutuba - Ecos do Gorutuba, que contratou a mão de obra e realizou o cercamento de uma área de aproximadamente 1,3 hectare.

Na avaliação do Codema de Nova Porteirinha, essa atitude foi importante, pois se não houver uma proteção intensa das nascentes, muito provavelmente a vazão de água disponível no curso do rio será ainda mais prejudicada, afetando a qualidade da água, causando a destruição do ecossistema e interferindo diretamente na vida de todos que dependem do rio.

PREFEITO DE NOVA PORTEIRINHA ESTEVE EM BRASÍLIA ONDE REIVINDICOU DA CODEVASF AGILIDADE NO REINÍCIO DA OBRA DE TUBULAÇÃO DO PROJETO GORUTUBA

Ele também pediu a resolução das questões fundiárias e medidas de enfrentamento ao período seco

NOVA PORTEIRINHA – O prefeito Juracy Fagundes Jácome, de Nova Porteirinha, esteve ontem, segunda-feira, dia 10 de abril, em Brasília-DF, mais precisamente na Companhia de Desenvolvimento dos vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), onde reivindicou agilidade nas ações da instituição neste e nos demais municípios.

Foto divulgação

Prefeito Juracy Fagundes com a presidente da Codevasf, Kênia Marcelino, e dirigentes da Codevasf, em Brasília.

Na tarde dessa segunda-feira o prefeito Juracy Fagundes se reuniu com a presidente da Codevasf, Kênia Marcelino, ocasião em que solicitou o imediato reinício da obra da tubulação no projeto irrigado do Gorutuba, em Nova Porteirinha. O posicionamento do prefeito é pertinente, pois a produção nesse projeto poderá ser afetada diante da possibilidade da suspensão de água para a irrigação, medida que está prevista para o mês de junho.

No final de janeiro, a presidente da Codevasf esteve em Nova Porteirinha e, então, assinou autorização para o reinício da obra de tubulação. No entanto, o serviço não foi retomado. Com a escassez de chuva, o nível de água na barragem do Bico da Pedra, de onde é captada água para a irrigação no Projeto Gorutuba, tem diminuído assustadoramente e se aproxima da pior situação de volume desde quando a represa foi construída, em 1978.

Para evitar um caos social e econômico em Nova Porteirinha e região, o prefeito Juracy Fagundes entende serem primordiais medidas urgentes que assegurem a vitalidade do projeto. A implantação da tubulação no lugar dos canais tem como finalidade evitar o desperdício em torno de 30% a 40% da água que é conduzida da represa até as áreas agrícolas.

SECA E QUESTÃO FUNDIÁRIA

Ainda na reunião com a presidente e demais diretores da Codevasf, na capital federal, o prefeito Juracy Fagundes reivindicou outras medidas benéficas para o Norte de Minas. Na condição de presidente do Consórcio Intermunicipal da região da Serra Geral de Minas, Juracy analisou com a equipe da Codevasf e do Ministério da Integração Nacional a crise hídrica, que tem dizimado plantações e contribuído para que os rios, córregos e lagos ficassem secos. Isso provoca o drama da falta de água para abastecimento das comunidades.

Perante a diretoria da Codevasf, o prefeito de Nova Porteirinha mostrou as dificuldades enfrentadas pelos municípios da região da Serra Geral de Minas quanto às questões fundiárias que têm impedido ações por parte dos municípios e dos produtores rurais. Juracy Fagundes pediu o comprometimento da Codevasf na solução desses problemas. (OJr/Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Nova Porteirinha)

ESPORTE: HOJE TERÃO 2 JOGOS PELA COPA DE FUTSAL

Duas partidas hoje, terça-feira, dia 11 de abril, darão seqüência à 1ª Copa Integração de Futsal no ginásio poliesportivo aqui em Nova Porteirinha. Às 19h o time da Polícia Civil enfrentará o time da Polícia Militar e em seguida, às 20h, terá a partida entre América de Nova Porteirinha e Danone.

Essa copa de futebol de salão é uma realização do Departamento de Esporte da Prefeitura de Nova Porteirinha.

Pagina 9 de 24

Topo