CODEVASF ANUNCIA QUE EMPRESA REINICIARÁ A OBRA DE TUBULAÇÃO NO PROJETO GORUTUBA ATÉ O DIA 9 DE MAIO

NOVA PORTEIRINHA – O serviço de tubulação no projeto Gorutuba deverá ser retomado até o dia 9 de maio. O anúncio foi feito pela presidente da Codevasf, Kênia Marcelino, durante contato com o prefeito de Nova Porteirinha, Juracy Fagundes Jácome, no dia 26 de abril.

Ao receber a deputada federal Raquel Muniz em seu gabinete, em Brasília-DF, a presidente da Codevasf fez questão de comunicar a notícia ao prefeito Juracy, via telefone. Kênia Marcelino enalteceu o empenho do prefeito e da deputada no que tange o reinício dessa importante obra no contexto produtivo, social e econômico para Nova Porteirinha e região.

Foto Fernando Lucas

Tubulação no Projeto Gorutuba, no município de Nova Porteirinha.

No dia 31 de janeiro deste ano, na cidade de Nova Porteirinha, Kênia Marcelino havia assinada a autorização para a retomada da obra. A empresa teria planejado que isso ocorreria num prazo de um mês. No entanto o serviço não foi retornado. Diante dessa situação de incerteza, o prefeito Juracy Fagundes esteve em Brasília no dia 10 de abril ocasião em que solicitou à Codevasf ação ágil com relação a continuidade da implantação da tubulação no lugar de canais do projeto Gorutuba.

Na audiência com a presidente da Codevasf, em Brasília, no dia 10 de abril, o prefeito teria sido informado de que as providências estariam sendo tomadas. No dia 26, Kênia Marcelino comunicou ao prefeito Juracy Fagundes e à deputada federal Raquel Muniz que, por parte da Codevasf – órgão ligado ao Ministério da Integração Nacional – o serviço será retomado imediatamente. Kênia disse ainda que a empresa já está ciente da situação e a mesma terá que reiniciar a obra até o dia 9 de maio.

A implantação da tubulação no lugar dos canais tem como finalidade evitar o desperdício em torno de 30% a 40% da água que é conduzida da barragem do Bico da Pedra até as áreas agrícolas.

Nesta primeira fase, estão sendo implantados 56.426 metros de tubulação, com investimentos de aproximadamente R$ 57 milhões. Ao todo deverão ser instalados mais de 121.060 metros de adutora, variando de 200 a 1.300 milímetros, incluindo a ligação com o projeto Lagoa Grande, em Janaúba, na margem esquerda do rio Gorutuba. Ao todo, devem ser investidos R$ 95 milhões para implantação de 121 mil metros de tubulação. Recursos estes garantidos pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), no âmbito das ações do programa Mais Irrigação, coordenado pelo Ministério da Integração Nacional. (OJr/Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Nova Porteirinha)